FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 



(Pesquisar fics e autores/leitores)



 




 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

1. Sob diferentes pontos de vista


Fic: O ENCANTAMENTO DAS ALMAS - R & Hr - COM CAPA - FIC COMPLETA!


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

O ENCANTAMENTO DAS ALMAS


Capítulo I

Prólogo:
Sob diferentes pontos de vista



“Lembro-me como se fosse hoje do dia que lhe conheci. Foi no Expresso de Hogwarts e ele estava fazendo magia, ou melhor, tentando fazer... Eu, senhora de mim como sempre, fiquei para assistir. Não sabia bem por que, mas eu estava me sentindo estranha. Era como se eu estivesse ameaçada por alguma coisa (hoje eu sei que não era por alguma coisa e sim por alguém). Como habitualmente nada me abalava assim, senti uma inimizade intensa por aquele garoto ruivo, tinha uma vontade incontrolável de brigar com ele, de me mostrar superior. Impliquei com a magia errada que ele tentava fazer e antes de sair dali, ainda lhe disse que ele estava com uma sujeira no nariz. Foi assim que nos conhecemos”.


*****


“Uma garota insuportável, um pesadelo!! Essa foi a primeira impressão que tive dela. Chegou na cabine em que eu estava no Expresso de Hogwarts com um ar de mandona. Foi antipatia à primeira vista. E as coisas pioraram ainda mais quando ela com aquele arzinho de eu-sou-a-melhor-eu-sei-de-tudo zombou da minha magia e até do meu nariz. Naquele momento torci do fundo do meu coração que ela não ficasse na mesma casa em que eu...”


*****


“Estava eufórico! Havia descoberto há poucos dias que eu era um bruxo! Viajava num trem que me levava para uma escola de magia! Alguém consegue imaginar?? Foi nesse clima de euforia que os conheci: Rony Weasley e Hermione Granger, meus dois grandiosos, maravilhosos e melhores amigos. Logo de cara eles se estranharam. Eu achei esquisito o modo com que aquela garota de cabelos cheios e dentes levemente grandes conseguiu tirar do sério meu companheiro de viagem. Mas aquilo foi apenas o começo. O começo de muitas brigas e. bem, o começo de tudo”.


*****


“Quando vi Hogwarts pela 1ª vez fiquei maravilhada! Por um momento esqueci que havia outro lugar que não fosse aquele, esqueci que há poucos dias atrás eu nem acreditava que bruxas existiam, esqueci até daquela coisa estranha que eu estava sentindo dentro de mim desde a viagem no trem. Mas essa “coisa estranha” voltou no momento da cerimônia de seleção. Aliás, ela está aqui dentro de mim até hoje, a diferença é que hoje eu entendo o que ela significa.


O garoto ruivo também era da Grifinória, assim como Harry Potter, o seu companheiro de viagem. Logo nos primeiros dias, eu notei que eles só trariam confusão. Já chegaram arrumando brigas, com certeza por culpa dele. Culpa do garoto ruivo. Culpa de Ronald Weasley.
Minha irritação era grande: como aquela duplinha podia ser tão irresponsável?? E como eles quebravam as regras com naturalidade, parecia uma habilidade nata!... (mal sabia eu que futuramente também desenvolveria esse dom).


Mas naquele dia aconteceu algo: tive que fazer dupla com ele durante uma aula de feitiço. Ele não conseguia aprender o feitiço da levitação, pronunciava errado, fazia os movimentos errados, era todo errado! No final da aula ouvi quando ele falava de mim para o amigo. Dizia que eu era realmente um pesadelo e que por isso estava sempre sozinha, sem amigos. Aquilo me tocou fundo. Por que a opinião de um trapalhão como aquele me afetava?? Eu que sempre fui sensata e nunca me deixei levar por essas besteiras?? Meu estômago pareceu afundar e eu passei a tarde inteira trancada no banheiro, chorando. (......) Esperei a noite cair para que eu pudesse voltar para o salão comunal quando todos estivessem no jantar. Não queria ver e nem falar com ninguém. Mas vi. Uma criatura medonha, muito grande, com um ar feroz e que exalava um fedor horrível! E vinha na minha direção. Daí para frente tudo passou muito veloz, como num desses filmes trouxas que papai gosta de assistir: Rony e Harry entraram lá, se arriscaram, deixaram o trasgo no chão, desfalecido.


Ainda estava paralisada de temor quando a professora McGonnagall, diretora da Grifinória, entrou. Passou um sermão nos garotos. Parecia não notar minha presença. Eles teriam que pagar pelo risco que correram e pela confusão em que se meteram...Não! Eles não teriam!! Não se eu pudesse impedir...(....)
Sei que poderia ter sido EXPULSA. E vocês podem até não acreditar, mas isso não era o que mais me preocupava. A minha verdadeira preocupação era que Rony e Harry fossem poupados. Rony e Harry, a duplinha irresponsável. Rony e Harry, aqueles quem salvaram minha vida. Rony e Harry, que a partir daquele momento se tornaram as pessoas mais especiais que já conheci.”


*****


“Mandona, nariz empinado, metida e sabe-tudo. Minha firme opinião sobre Hermione Granger. Pelo menos até aquele dia... (...)


Foi numa aula de Feitiços que tudo aconteceu. Eu tive que fazer dupla com ela. Hoje, analisando com calma, vejo que foi a primeira vez que ela me fez estremecer. A primeira de muitas, mas isso é outra história. Bom, como eu ia dizendo antes de meus pensamentos extraviarem, naquele dia ela me irritou como nunca. Eu não consegui fazer o diabo da pena levitar e lá veio a Srta. Sabe Tudo me corrigindo. Daí eu mandei ela fazer, já que ela era tão boa. Maldita idéia. Ela REALMENTE fez. Perfeitamente. A pena saiu voando... E eu queria morrer naquele momento.


Ao fim da aula meu humor não melhorara nem um dedinho. Saí praguejando e falando horrores sobre ela para o Harry. Eu e minha boca grande! Ela me ouviu...


A maluca ficou sumida o dia inteiro. Até no jantar ela não havia aparecido. E havia uns colegas dizendo que ela tinha ficado o dia inteiro trancada no banheiro, chorando e sem querer falar com ninguém. Me senti inexplicavelmente doente com aquilo, mas não deixei transparecer. Minha atenção foi desviada pela notícia de que um trasgo havia invadido o castelo. Iríamos voltar para Grifinória, mas só então Harry lembrou-se de Hermione. Ela não sabia do trasgo. E naquela hora estremeci novamente. Foi a segunda vez que ela me fez estremecer.


Bom, ao final tudo deu certo. Achamos o trasgo (ou será que foi ele que nos achou? Nunca saberei...), salvamos Hermione e EU realizei o feitiço de LEVITAÇÃO para nos tirar da encrenca! Como eu não percebi que aquilo queria dizer alguma coisa?? Só hoje consigo ver que nada acontece por acaso...


Mas o mais legal foi o que aconteceu depois: Hermione se acusou para a professora Minerva e impediu que ela cortasse a cabeça do Harry e a minha!! Eu não esperaria isso dela! Não naquele momento.


A partir daquele dia não existiu mais só Rony, ou Rony e Harry. A partir daquele momento éramos um trio. Rony, Harry E Hermione. Se virou “dupla” depois, fica pra outra história também...


*****


N/A: Olá pessoal! Bom, já escrevi algumas songs mas essa é a primeira fic longa. Um esclarecimento que tenho a fazer é que esse primeiro capítulo será totalmente diferente dos outros. A história só começa realmente a partir do capítulo 2, então por favor, não julguem a fic pelo início, ok?

Bom, no mais espero comentários e críticas construtivas. Também quero deixar meus agradecimentos ao meu amigo Passatempo que me incentivou a publicar essa história.


Abraços!


Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 3

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Andréa Martins da Silva em 28/10/2013

Gostei muito da narrativa. Já deixou gostinho de quero mais.

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Lala W. em 19/02/2013

Ótimo! narrativa muito gostosa e com humor! amei!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Lana Silva em 03/01/2012

Nossa já comecei amando *-* lindo...Ahh como eles falam um do outro é maravilhoso *-*

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 12) - Copyright 2002-2017
Contato: clique aqui

Moderadores:


Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.