FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 



(Pesquisar fics e autores/leitores)



 




 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

38. SEJA BEM VINDO


Fic: A DESCOBERTA INESPERADA I


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

CAPITULO 38
SEJA BEM VINDO

O sol havia nascido, quando ela desmaiou pela terceira vez. Acordou com o cheiro de álcool trouxa sendo colocado em seu nariz. A primeira coisa que viu, foi um pálido Harry a seu lado.
-Harry...
-Estou aqui, Hermione... – ele sorriu fracamente, e ela sentiu que estava úmida. Olhou em volta e quis gritar. Havia muito sangue em lençóis jogados no chão perto da cama.
-Harry?
-Tudo bem. Está tudo bem com você. –ele disse, e ela soube que era mentira.
A porta abriu com um baque, e ela quase chorou.
-Hermione!
Rony gritou e correu até ela, tomando o lugar de Harry.
-Rony...Rony! – o abraçou chorando – eu não consigo...ele não quer nascer!
-Você consegue sim! – ele disse convicto – Olhe para mim, Hermione. – ela o olhou com olhos nublados pela dor e ele disse sério – è o nosso bebê, Hermione. O nosso menino. O ajude a vir.
Ela concordou e olhou para Molly Wesley, que disse emocionada:
-Vamos tentar de novo. Harry, espere lá fora. Gina, fora!
-Mas, mãe, eu quero ficar!
-Fica, Gina! – Hermione estendeu a mão para ela, que a segurou com força. – Harry!
Ele ficou perto da mulher, enquanto Gina sentava na cama e segurava sua mão com carinho.
-Me diga assim que vier outra contração.
-Está vindo outra... – ela sussurrou com voz fraca, os olhos muito vermelhos de dor.
-Certo, vamos aproveitar essa. Faça força, Hermione, muita força. Agora!
Ela se contraiu toda, e em vez de lutar contra a dor, a forçou mais, gritando ao sentir-se rasgada.
No momento seguinte seu corpo caiu para trás incapaz de resistir a dor.
-Não pare agora, Hermione! Não pare agora! A cabeça saiu! Vamos, empurre o resto! Rony, segure-a sentada! – Molly tinha as mãos ocupadas e ela teve a sensação de estar tendo suas forças renovadas.
Fez força e Rony manteve o braço em suas costas, a impedindo de relaxar, e dizendo coisas em seu ouvido. Mas ela não entendeu. A dor bloqueou qualquer som. O zumbido em seu ouvido a tornou insensível a qualquer coisa que não fosse a dor pespassando seu ventre e empurrando para fora o que estava ‘preso’. Ouviu um choro, e pensou se seria seu. Mas não, entreabriu os olhos e viu Molly Wesley segurando algo em suas mãos. Algo que chorava e se debatia.
-Hermione...hermione.... – Rony dizia em seu ouvido – Hermione, olhe para mim, Hermione...
Ela tentou responder, mas não conseguiu. A dor voltava lentamente e ela quis explicar, mas ninguém parecia estar notando.
-Ahhhhh....., esta voltando.....! –ela gritou, chorando ao sentir-se fazendo força, mesmo sem quer. – Rony! – agarrou a mão dele e se contraiu ainda mais.
-Mamãe! – gina gritou, mas ela estava segurando o bebê, chocada demais para larga-lo e acudir.
Gina olhou entre as pernas de Hermione e abriu os olhos assustada.
-Merlin! Mãe, acode!
Mas não houve tempo, outro bebê despontou e ela amparou antes que saísse na cama. Não demorou nada desta vez.
Gina riu alto segurando o bebê, que chorou fraco, mas se debateu em suas mãos.
-É outro bebê! É uma menina! – ela gritou entusiasmada, mas ninguém ouviu.
Estavam todos aturdidos.
Hermione desmaiara de novo, o sangue emplastantando sem controle o lençol...



O som de vozes a fez despertar. Seus olhos se focalizaram na figura de pé perto da cama, com um embrulho nos braços.
-Rony... – tentou levantar, mas não conseguiu.
-Hermione – ele sorriu – não tente levantar. Você sangrou muito. Mamãe conseguiu fazer o sangue parar, mas ainda não pode se levantar.
-E o bebê? – ela sussurrou, amedrontada.
-Aqui – ele se aproximou sentando a seu lado, descobrindo um bebê completamente cabeludo. – Esse é o nosso menino, Hermione.
Ela sorriu olhando encantada para o neném que dormia calmamente. – E aquela, é a nossa menina.
Ela olhou aturdida para o berço, que havia sido colocado ali dentro e magicamente aumentado para caber dois.
Rony levantou-se e deixou o menino no berço ,pegando nos braços a menina.
-Ela é mais agitada que ele. – ele observou – Desde que nasceu não quis dormir nadinha. Fica olhando para todos e tudo com curiosidade. Acho que ela está procurando alguma coisa.
Hermione olhou a menina e lágrimas correram sem controle, estendendo os braços para apanha-la.
-Ela é linda...eles são...
-Gêmeos. – ele sorriu – Mamãe disse que não é tão incomum medibruxas se enganarem em caso de gêmeos. – ele buscou o menino no berço e sentou perto para que ela o visse e acariciasse sua cabecinha com mão tremula – fler está invejosa. Eles são idênticos. Iguaizinhos.
Era verdade. Vestidos com macacões amarelos, e verdes, eles eram idênticos. Pequenos e muito branquinhos. Os cabelos inteiramente castanhos avermelhados e os lábios rosados. As mãozinhas pequeninas e os dedinhos longos.
-Ele tem dedos de goleiro – ele brincou colocando a pequenina mão contra a sua.
-São tão parecidos com você... – ela sussurrou – Acho que não vou ter filhos parecidos comigo, é melhor me conformar.
Ele riu e seus olhos brilharam emocionados como os dela.
Ele a beijou com tanta ternura que ela sorriu.
-Eu desmaiei, não foi?
-Sim. Depois mamãe conseguiu parar o sangramento e Fler cuidou das crianças. Gina ajudou a limpa-los e alimenta-los com mamadeiras. Eles estavam famintos. Você dormiu bastante. Estava muito fraca.
-Eu tive tanto medo, tanto medo... – sussurrou.
-Não pense mais nisso. Eles estão aqui e você esta bem. O que poderia ser mais perfeito que isso?
-Nada – ela sorriu entre lágrimas – Precisamos escolher os nomes, Rony.
-Tem razão, não podemos chama-los de bebê 1 e bebê 2 para sempre – ele brincou.
Ela riu suavemente.
-Ela é uma benção, Rony. Mas do que eu poderia sonhar – beijou a testa da bebezinha que a olhava com olhos azuis muito atentos – Inesperada, mas incrível. Eu...gostaria de chama-la de Guinerva, se não se importar.
-Acho perfeito – ele disse com voz embargada – Você sabe, foi a Gina quem a trouxe ao mundo, por acidente, mas foi.
Eles riram suavemente e ele ergueu um pouco o menino que acordava e bocejava. Eles sorriram. Ele voltou a adormecer completamente alheio de parte do seu futuro estar sendo decidido ali, pelos dois.
-Harry – ele disse – nada mais justo que chama-lo de Harry.
-Guinerva e Harry? –ela sorriu.
-Ginerva Elise Wesley – ele sugeriu – e Harry Luke Wesley. O que acha?
-Acho que vai ser uma confusão total de nomes! – ela riu – O que acha de Elise Guinerva Wesley e Luke Harry Wesley?
-Acho que você é uma sabe-tudo – ele se inclinou e a beijou novamente – Elise e Luke. Brilhante - ele brincou e os dois riram.
-Tabby já os viu? – ela perguntou encantada.
-Sim, e foi difícil convence-la a desgrudar da irmãzinha que nem sabia que teria. Ela ficou fazendo planos de vesti-la com as roupas da sua boneca. Meio assustador – ele tornou a faze-la rir.
Ela suspirou e seus olhos ficaram semi abertos.
-É melhor descansar agora. – levantou-se e colocou os bebês no berço, sentando a seu lado na cama.
-Fica comigo? -ela perguntou se ajeitando para descansar, sem afastar os olhos dele e do berço.
-É claro que fico – ele beijou sua mão, a qual segurava e acariciou seus cabelos até que ela adormecesse.












Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 12) - Copyright 2002-2017
Contato: clique aqui

Moderadores:


Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.