FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 



(Pesquisar fics e autores/leitores)



 




 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

16. A CASA DOS NOSSOS SONHOS


Fic: A DESCOBERTA INESPERADA I


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

CAPITULO 16
A CASA DOS NOSSOS SONHOS

Levou pouco mais de vinte minutos para chegarem ao destino escolhido por Rony. Hermione arregalou os olhos verdadeiramente surpresa. Era uma casa de campo, rodeada com um lindo bosque. Lemberava muito a Toca, porém a casa era moderna e gigantesca.
-Rony, essa pousada é linda! – disse animada em conhece-la.
-Não é uma pousada. – ele disse e saiu do carro fazendo a volta e abrindo a porta para ela – É uma casa que pertenceu aos avós do Harry. E agora...ela é nossa.
-O que? – seus olhos se arregalaram.
-Harry queria vende-a a algum tempo e eu coloquei gente para reforma-la logo depois que descobri a Tabby. Queria que ela sentisse prazer em ficar comigo. E...quando pensei em onde moraríamos, eu tive a certeza de que amaria esse lugar, Hermione.
-É tão linda, tão...- andou pela grama olhando tudo em volta. - ...eu sempre pensei em criar uma família numa casa assim, mesmo quando fazíamos aqueles planos loucos, eu ainda imjaginava que terminaríamos num lugar como esse! – deixou escapar, avermelhando profundamente.
-Eu também pensava assim, agora venha, tem muita coisa para conhecer!
Segurando sua mão ele a guiou pelo jardim.
A varanda tinha ladrilhos vermelhos e delicados vasos de flores campestres. O cheiro de flor do campo a fez suspirar. Eles entraram e ela sentiu como se estivesse entrando em um dos seus sonhos mais secretos. Era tudo como deveria ser. A lareira em frente ao sofá, o tapete espesso sobre o chão, onde Tabby poderia brincar mesmo no inverno. Havia uma grande escada no canto da sala que ela supôs levaria ao segundo andar.
-Imagino que queira trocar de roupa antes de conhecer o resto da casa.
-Sim...Rony, tem mais alguém na casa além de nos dois?
-Não. Eu pedi para Millie deixar comida congelada para nós e a casa está toda arrumada. Ficaremos só três dias, Hermione. O que acha?
-Acho ótimo. – sorriu mais tranqüila – Estou louca para mostrar essa casa para a Tabby!
-Eu também. Foi difícil manter segredo – a olhou sorridente – Vem, quero te mostrar uma coisa.
Ela o seguiu escada acima, dessamarando o véu enquanto subia os degraus. Com o véu nas mãos, ela o seguiu para dentro de um quarto.
-Rony! É lindo!
Era sem duvidas o quarto para Tabby. Todo em verde claro, com motivos infantis, mas nada demasiadamente tolo, pois ela não gostava disso. Tinha uma cama perto da janela, por onde entrava o sol da tarde, pelo vidro.
-Não coloquei nenhum brinquedo, pois imagino que ela prefira os que já tem.
-Tabata vai enlouquecer quando ver esse quarto! – disse sincera, olhando tudo em volta – É exatamente como ela sempre sonhou. Em Berlin ela tinha um quarto muito bom, mas nada tão charmoso!
-Eu separei um quarto para o bebê, mas deixei para que você o decore.
-Obrigada. – se aproximou dele sorrindo – Eu mesma quero cuidar do quarto do bebê, sabe...é uma coisa que faz parecer que estamos mais próximos. – tocou a barriga. – É tolice, mas gostei muito de ter feito isso da primeira vez...
-Eu quero ajudar, se você não se importar. Nunca fiz isso...
Hermione o olhou perdendo o sorriso. Mas ele não parecia acusá-la. Nem pelo contrário. Relaxou.
-Combinado, então. Podemos até deixar a Tabata dar umas sugestões...
-Ela sim, vai amar isso!
-E como vai! – riu.
-Vem. – ele estendeu a mão para ela a levando para o corredor.
Pararam em frente a uma porta que ele abriu suavemente.
Era um quarto arejado. Tapetes e cortinas laranja, sua cor preferida, ela reparou. A cama era grande, com dossel. A colcha clara, muitas almofadas sobre ela. Um roupeiro embutido, e uma cômoda de pentear para ela. Havia uma porta mais ao lado, provavelmente o banheiro.
-Entre. – ele a chamou quando notou que ela não se mexia. – Pedi que Millie colocasse algumas coisas suas aqui.
Hermione abriu a porta do roupeiro e viu alguns vestidos leves e outras peças de roupas, além de sapatos.
-Sim, tudo que separei para a viagem está aqui.
Ele a olhou e ela sentia isso. Era o quarto deles dois. Havia roupas dele ali também. Era obvio que algo estava errado. Eram recém casados. Ela estava vestida de noiva e eles deveriam estar na cama a essa hora. Mesmo ela já estando grávida. Era assim que as coisas aconteciam, não era?
Mas como dizer isso a ele? Deixara claro que estava casando obrigada. Talvez ele achasse que isso excluiria esse aspecto da relação deles.
E talvez devesse ser assim. Mas ela não poderia se privar disso. Eles faziam tão bem juntos. E além disso, era jovem e apaixonada. Não havia mal nenhum em se entregar para seu próprio marido. Ou tinha?
É claro que não!
-Estarei lá embaixo, quando terminar de se trocar podemos sair e conhecer a propriedade.
Ele disse com um tom condencedente. Aquele magnífico ar esperançoso abandonara sua face.
-Rony... – ele a olhou cheio de espectativa – Você também precisa se trocar. E esse...também é seu quarto, não é?
-Sim, é. – ele disse como se medisse a decisão dela.
Hermione engoliu em seco enquanto ele se aproximava.
-Ali é o banheiro? – desconversou, vendo seu meio sorriso.
Ela deveria estar parecendo patética. Primeiro o convidava. Depois fugia assustada.
-Sim, e tem uma hidro ali dentro. Meu presente de casamento para você.
Ela arregalou os olhos e abriu a porta especulando a magnífica banheira.
-O-O... que acha de nos dois a inaugurarmos?
Sabia que sua pergunta o surpreeendeu. A muito tempo atrás haviam feito no lago, atrás da Toca, numa escapadela. Fora incrível, por causa da água, ou talvez pelo medo de serem pegos. Mas não importava. Ele pensava o mesmo, ela tinha certeza.
Ele sorriu um tanto vermelho.
-A coisa do lago?
-Bem, não exatamente. – ela disse desafiadoramente – Somos casados agora. E estou de cinco meses. – disse decidida – Não é a mesma coisa.
-Tem razão. – ele se aproximou – Vire-se, Hermione. – ele ordenou absolutamente sério.
Agitada ela ficou de costas. Sentiu suas mãos em seu pescoço afastando seu cabelo. Elas desceram por seus ombros e pararam sobre suas costas. Sentiu o zíper do vestido descer e suspendeu a respiração. Não vestia sutiã, pois seus seios continuavam firmes apesar de terem ficado um tanto inchados pela gravides. O vestido desceu por seu corpo direto para o chão.
Vestia unicamente as meias três quartos e a calcinha.
Sentiu-se insegura. Ele já a vira nua dezenas de vezes no passado. Mas hoje seu corpo não era mais o mesmo. Primeiro devido a Tabby. Segundo porque estava maior devido ao bebê.
-Rony...
-Diga. – a voz dele estava mais seca. Tensa.
Ela virou-se devagar para ele. Rony conteve vizivelmente a respiração.
-Eu...- passou a mão pela barriga e tentou sorrir inultilmente – Uma barriga dessas não é bem o que você esperava, não é?
-è bem mais que eu esperava. – ele respondeu.
Antes que registrasse essa resposta, ou entendesse, ele inclinou-se e a beijou.
Sua capacidade de raciocínio morreu ali.
Não era um beijo a toa. Desses que se dá antes de ir para a cama. Era um beijo profundo e intenso. Hermione nem notou quando ele a pegou no colo e a colocou sobre a cama. Então ele estava sussurando em seu ouvido e a deixando perdida nas promessas que vinham de seus lábios.
-Hoje é nossa lua de mel. O que acha? Primeiro a cama, depois a hidro?
Ela só teve tempo para sorrir, pois ele a beijou novamente...

















Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 0

Nenhum comentário para este capítulo!

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 12) - Copyright 2002-2017
Contato: clique aqui

Moderadores:


Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.