FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 



(Pesquisar fics e autores/leitores)



 




 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

15. Entregue...


Fic: De forma inesperada RxHr Cap final on


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Capítulo 15


Entregue...







Mais alguns dias se passaram e os três, embora não verbalizassem, tinham a sensação de que todos os seus esforços até o momento haviam sido em vão. Continuavam acampando em meio a floretas densas e sombrias, afinal não poderiam correr o risco de serem vistos.
 


Tinham o medalhão, mas não faziam a menor idéia de como destruí-lo.
Por medidas de segurança, Harry passou a carregá-lo no pescoço em tempo integral. E seus ânimos andavam visivelmente alterados.
 


O braço de Rony já estava totalmente curado. Agora só se viam algumas discretas cicatrizes, as quais, segundo Hermione, desapareceriam com o tempo. Ás vezes, o ruivo as admirava como se não quisesse que elas sumissem.
 


- Não se preocupe, elas desaparecerão logo. - Disse Hermione sentando ao lado do ruivo.
 


- Sabe... eu até gosto delas.
 


- Gosta? - Perguntou surpresa.
 


- Sim. Me fazem lembrar da maneira gentil com que me tratou. - Disse sorrindo.
 


Ela deu um tapa de leve no braço dele.
 


- Se alguém ouvisse você falando assim, acharia que nunca te trato bem. - Cruzou os braços parecendo ofendida.


Rony apenas riu abertamente, e ela acabou rindo junto com ele.


 


..................................................



 


Os dias se passavam lentamente, e a falta de notícias e do que fazer parecia deixá-los angustiados e mal humorados.
 


Rony havia percebido que Hermione vinha evitando ficar sozinha com ele. Só não entendia o porquê. Talvez fosse porque temesse que Harry os visse. Haviam concordado em não falar nada ao amigo, mas que mal tinha em trocarem alguns beijos as escondidas?!
 


Se sentiu egoísta. Como poderia passar pensando em beijar Hermione 24 horas por dia, quando estavam sozinhos, longe dos seus familiares e amigos, passando fome e correndo sérios perigos?



Ele realmente não sabia responder, mas a vontade parecia crescer cada vez mais, e já estava cogitando cometer uma loucura.




Estava deitado em sua cama, olhando distraidamente para o teto. Ultimamente passava horas nessa posição. Sentia-se profundamente entediado, e suspeitava que seus amigos se sentissem da mesma forma. Harry estava sentado do lado de fora da barraca, fazendo o que Rony não sabia, mas não estava muito interessado em descobrir no momento.
 


Maneou lentamente a cabeça para o lado e pela abertura da barraca pôde ver que já anoitecia. A primeira vigia daquela noite seria de Harry.
 


Assim que escutou barulho de passos, moveu a cabeça em direção ao som. Hermione havia se levantando das almofadas em que estava sentada há algumas horas lendo.
 


- Onde você vai? - Perguntou fatigado.
 


Era estranho, mas o fato de não fazer nada e de comer pouco o deixava assim, extremamente fatigado e cansado.
 


- Tomar banho. - Respondeu ela tranquilamente.
 


Rony voltou a mirar o teto parecendo indiferente a tudo e a todos. Mas uma idéia surgiu em sua mente e ele sorriu ao pensar nas conseqüências que essa idéia poderia acarretar caso a colocasse em prática. Mas ele não tinha nada a perder, tinha? E ela nem precisaria saber.
 


Levantou-se e andou lentamente em direção ao local em que haviam improvisado um banheiro. Parou antes de chegar ao destino, achando melhor desistir.
Se Hermione o pegasse a espiando tomar banho não queria nem imaginar que tipo de animal conjuraria para atacá-lo. A lembrança do bando de canários o atacando foi inevitável, assim como um suspiro resignado.



E depois não seria uma atitude prudente e muito menos decente. Não tinha esse direito, não com Hermione. Sua cabeça lutava bravamente contra seu pênis tentando convencê-lo disso. Aquela garota era sua perdição, mas não teria coragem de desrespeitá-la.
 


Nervoso, achou que seria melhor ir até a rua e sentir um pouco de ar gelado no rosto, talvez assim conseguisse aplacar aquele calor que tomava conta de cada vaso sanguíneo do seu corpo ao imaginar Hermione nua.
 


- Olá. - Disse baixo, se aproximando de Harry.
 


Harry virou a cabeça e encarou o ruivo.



- Oi. - Respondeu o moreno voltando a mirar a densa floresta a sua frente, com a varinha em riste.
 


Rony sentou-se ao lado do amigo e os dois ficaram em silêncio por um tempo.
 


- E a Mione?



- Tomando banho.



- Você tá legal? - Questionou Harry olhando novamente para o rosto de Rony, que parecia apreensivo e nervoso.
 


- Sim. - Respondeu prontamente, ficando novamente em silêncio, mas logo se aprumou, virando o rosto em direção ao fogo que Harry havia conjurado e voltou a falar rápida e nervosamente – Harry, você... hum... acorda todos os dias... com... hum... aquilo... er.... - pigarreou, virando o rosto para mais longe das vistas do amigo - hum... duro?
 


Embora estivesse escuro Harry pôde ver as orelhas de Rony se tingirem de um vermelho intenso.
 


O moreno não pode evitar um sorriso sincero.
 


- Bem... não todos os dias.
 


- Ah. - Disse o ruivo ainda sem encarar Harry. – Acho que vou dormir.



- Certo. - Harry sentiu uma vontade quase incontrolável de rir abertamente do amigo, mas se conteve.
 


Rony se sentiu um tremendo idiota por ter perguntado aquilo. Se Fred e Jorge estivessem ali teriam lhe dito que era um retardado e que talvez não fosse um Weasley.
 


Quando entrou na barraca o cheiro de banho invadiu seu cérebro, o deixando levemente tonto. Aspirou o perfume de Hermione e seu membro voltou a se manifestar vigorosamente.
Seus pensamentos ficaram confusos e a única coisa racional na qual conseguia pensar era em puxá-la pela cintura e tomar seus lábios para si, fazendo-a arquejar e gemer dentro da sua boca.



Os cabelos molhados, a pela alva e delicada. Notou que ela estava mais magra... mas ainda assim exibia belas curvas. Como havia resistido tanto tempo sem tocá-la. Era linda!

 


Não amo apenas a cor dos olhos


Amo o olhar (mesmo quando é reprovador ou autoritário)


Não amo apenas a brancura e o alinhamento dos dentes


Amo o sorriso (sempre sincero e contagiante)


Não amo apenas o contorno dos lábios (embora sejam perfeitos)


Amo o beijo (sempre intenso e cálido)


Não amo apenas o formato dos braços


Amo o abraço (acolhedor e profundo)


Não amo apenas a delicadeza dos dedos


Amo o toque (macio e provocante)


Não amo apenas as curvas das pernas


Amo o andar (despretensioso e gracioso)


Não amo apenas o volume dos seios


Amo o aconchego.


 


Hermione o encarou e percebeu o olhar penetrante e cobiçoso, suas bochechas coraram imediatamente. Embora estivesse com um pouco de vergonha não desviou o olhar, e eles ficaram ali se encarando, revelando-se um ao outro.
 


Ela vinha reunindo todas as suas forças para se manter afastada de Rony. Sabia que se ele a beijasse de novo não resistiria e se entregaria aquele desejo profano que insistia em dominá-la toda vez que aqueles olhos azuis a queimavam.



Ele se aproximou lentamente, como se tivesse medo de assustá-la caso seus passos fossem mais rápidos e pesados. Hermione permaneceu imóvel olhando Rony como se o visse pela primeira vez. Sabia o que estava prestes a acontecer, mas sentia-se incapaz de impedir. Estava cansada de lutar.




Quando Rony estava há apenas alguns centímetros dela parou. Deslizou as mãos suavemente pelos  seus braços. Uma fisgada forte e profunda perfurou o peito de Hermione ao sentir o toque tão desejoso, e ela fechou os olhos esperando por mais.
 


E ele queria lhe dar mais, muito mais... aproximou os lábios e os roçou bem de leve no canto da boca dela. Pôde ouvir o suspiro profundo que irrompeu dos lábios de Hermione. Roçou novamente os lábios nos dela e em seguida sugou gentilmente o seu lábio inferior, mordendo-o fracamente, arrancando dela outro suspiro, esse muito próximo de um gemido.
 


Os sons que Hermione produzia ao ficar excitada o deixavam completamente louco. Se perguntou mentalmente se era normal um cara se sentir a ponto de gozar com apenas um leve roçar de lábios.
Respirou fundo, concentrando-se para retardar seu clímax, e aprofundou o beijo, mas antes que ele fizesse, Hermione invadiu sua boca com uma língua ansiosa, quase desesperada. Ele a recebeu de bom grado e ofereceu-lhe a sua, tão ansiosa quanto.
 


Os lábios se moviam em um ritmo certo, já os corações estavam acelerados e descompassados.
 


Hermione se viu incapaz de articular qualquer pensamento racional. Sabia que Harry estava ali e que apenas alguns metros o separavam, mas não teria como parar. Seus maiores temores se revelavam abertamente. Estava perdida. Rony a deixava completamente fora de órbita.
 


Ele entrelaçou sua cintura com firmeza e aproximou ainda mais os corpos. Sentiu o membro dele apertado contra sua barriga. Teve vontade de tocá-lo naquele momento. Era uma tarada, e não tinha mais nenhuma dúvida disso, há meses sonhava em ter aquele pênis nas mãos, na boca... na... sua intimidade.
 


Abraçou Rony com força e deslizou as mãos por baixo do seu suéter, ele gemeu baixo quando sentiu o toque quente e ousado na pele.
 


Não poderia mais controlar seu desejo, não poderia mais esperar. Sua mente trabalhava freneticamente, tinha que pensar em um jeito de fazer com que Hermione não desistisse, que fosse até o fim, e precisava pensar  em um modo de não serem surpreendidos por Harry caso ele entrasse na barraca.
 


Se pedisse para Hermione pensar em algo, ela recobraria a consciência e ele ficaria a ver navios mais uma vez.
Enquanto pensava, Rony descia uma trilha de beijos ardentes pelo pescoço e colo da garota, ela parecia fraca e entregue, exatamente como na noite do casamento de Gui. Era sua grande chance.
Lógico que nunca forçaria Hermione a nada, mas levando em consideração o modo como ela retribuía seus beijos e o tocava não seria mesmo necessário forçá-la.
 


As mãos de Rony desceram, se postando ousadamente sobre os quadris de Hermione. Voltou a beijá-la diretamente na boca e levou uma das mãos até o seio dela, por cima da blusa, e a outra desceu mais. Ela sentiu a quentura da mão dele parada na sua coxa por baixo de sua saia. A mão de Rony tocava sua pele nua fazendo-a sentir um forte calor no ventre. Ela o beijou mais intensamente, completamente entregue.



 

..................................................

N/A: Mais um capítulo ON, espero que gostem!

 
Viviane Barreda, Estamos chegando perto do Cap. novo e eu ainda nem digitei todo ele, mas posso dizer que gostei bastante, to ansiosa para saber o que vcs vão achar.

Sociedade Sul, Ahhh não fica com vergonha não :)

Carolina Gomes, Seu comment é daqueles que arrancam o maior sorriso de uma FicWriter... A J.K. deve, com certeza ter pensado muitas coisas fabulosas para RxH, mas acho que como não era o foco da história dela acabamos ficando sem essa parte!!! 

Michelle M. Rossi, desculpa a demora; juro que faço o q posso para n demorar muito, mas... nem sempre consigo :) Quanto ao último cap. da Fic ainda vai demorar um pouco, mas espero que continue acompanhando... e estrelinhas coloridas para os seus comments!
 
Letícia M. Klein, em primeiro lugar obrigada pelos comments nas outras Fics, adoro abrir elas e ver que vcs disseram algo tocante sobre o que escrevi... Que bom que gosta da maneira como descrevo os dois, me esforço para que seja digna de Ron e Hermione...


Priscilla Moreira, é maravilhoso saber que existem muitas pessoas q compartilham esse amor por Ron e Hermione comigo. Obrigada pelos comments e incentivos :)

Cleidz, será que era esse o capítulo que estava esperando? Espero que sim :)

Joanaa, brigada pelos elogios, fico tão feliz em saber que vcs estão gostando, isso me motiva a continuar escrevendo :)

Bells cullen Potter, que bom q está gostando e comentando minha Fic!!! Espero q tenha gostado desse cap mais ousado...hehehe


Brigada pelos comments, eu amo ler o que escrevem! Bjs!!!

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por fabiane lopes em 09/05/2011

uau que sexy !!!!!

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 12) - Copyright 2002-2017
Contato: clique aqui

Moderadores:


Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.