FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 



(Pesquisar fics e autores/leitores)



 




 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

9. Delírios


Fic: De forma inesperada RxHr Cap final on


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

Delírios







Hermione tinha impressão de que os minutos haviam se transformado em horas. Aquele maldito relógio parecia estar de mal com ela. Seu coração batia num ritmo descompassado, a garganta estava seca e ela não conseguia parar de andar de um lado para o outro.



Se não fosse o barulho dos seus passos rangendo no chão de madeira da sala dos Black, ela tinha certeza de que Harry seria capaz de escutar as pancadas que seu coração dava contra seu tórax.



Harry continuava sentado a olhando apreensivamente. Ele tinha as mãos enlaçadas uma na outra e as mexia freneticamente. Ela podia ver a preocupação estampada nos olhos do moreno.



Mais dez minutos se passaram e nenhum sinal de Ron.



- Harry, pelo amor de Mérlim, não vou mais ficar esperando. - Hermione tinha uma expressão de súplica.



- Mione, nós acordamos que íamos esperar mais meia hora, só se passaram dez minuto.



- Mas Harry... e se... se ele tiver sido atacado. - Os olhos dela já estavam marejados.



- Mione, precisamos confiar no Rony, ele sabe se defender, calma. - Harry levantou e abraçou a amiga numa tentativa de confortá-la e de confortar a si mesmo.




Ouviram um barulho na porta e sacaram rapidamente as varinhas, o que há algum tempo havia se tornado um movimento praticamente involuntário. Fitaram a porta, a respiração suspensa.

 


- RON - Gritou Hermione levando a mão à boca ao ver o estado do ruivo e correndo de encontro ele.
 


- Cara, o que aconteceu? - Perguntou Harry ligeiramente preocupado.
 


- Sa-quea...dores. - Disse o ruivo sem fôlego.
 


- Você está ferido Ron, vem, deixa eu ver esse machucado.
 


Rony tinha um corte profundo no braço e alguns arranhões no rosto.
 


- Tá tudo bem Hermione, e eu consegui. - Rony sorrindo vitorioso mostrou a comida que havia conseguido trazer. No saco, haviam ovos, pães, frutas.
 


- Eles... eles... não seguiram você, seguiram? - Harry não pôde evitar. Precisava perguntar.
 


- Não, claro que não... Não foi fácil despistá-los, mas eu consegui. Como estava em um local em que não podia aparatar, precisei despistá-los.
 


Hermione cuidou dos ferimentos do ruivo e depois preparou um belo jantar para os três. Durante a refeição, ela não conseguiu controlar o impulso de ficar olhando descaradamente o ruivo enquanto ele comia.
 


- O que foi? - Perguntou ele desconfiado, levando uma grafada generosa de ovos mexidos a boca.
 


- Ãh? Nada... - Hermione sentiu as faces esquentarem. Olhou rapidamente para Harry e viu que ele sorria.
 


Ela só podia estar ficando louca, não conseguia mais nem mesmo disfarçar.



- Do que você tá rindo? - Rony olhou de um para o outro com o cenho franzido.



- Nada. Só estou feliz de poder estar comendo algo realmente saboroso. – Você fez um ótimo trabalho. - Disse Harry ainda sorrindo e olhando cúmplice para Hermione, que desviou o olhar envergonhada.
 


O ruivo riu envaidecido com o elogio feito pelo amigo.
 


Quando já estavam prontos para dormir, Rony se aproximou de Hermione um pouco temeroso.



- Er... Hermione... obrigado por cuidar dos meus ferimentos.



A garota se virou com os olhos marejados e se jogou no pescoço do ruivo.
 


- Ah Ron... eu tive tanto medo...



O ruivo a abraçou um tanto desajeitado.



- Mione, já passou, eu estou bem.



Ela se afastou envergonhada.



- Er... eu sei, só fiquei preocupada. - Hermione tinha as bochechas coradas e não encarava mais o ruivo, olhava desconcertada para os próprios pés.



Ele deu um sorriso de canto. Sentiu-se imensamente feliz de ver Hermione tão preocupada com ele. E a maneira gentil com que estava o tratando desde que tinha voltado, aquecia seu coração.
 






.........................................







Hermione sentiu os lábios de Rony no seu pescoço, a respiração quente confundindo suas idéias e a fazendo perder o controle. Se virou de frente para o ruivo e capturou seus lábios com urgência. As línguas se exploravam com paixão. Rony desceu os beijos, fazendo Hermione arquear o corpo.
 


Tirou a própria roupa, praticamente rasgando as peças, ele tinha pressa. E Hermione pode sentir o calor que emanava do corpo do ruivo.



Quando Rony voltou a beijá-la enquanto tirava sua blusa, Hermione gemeu baixo. Se sentia languida e entregue. O ruivo passou os dedos pelos bicos macios e túrgidos dos seios da garota, e retirou o resto de sua roupa sem dar tempo para que ela protestasse. De qualquer forma ela não o faria... tinha tanta pressa quanto ele.



Agora podia sentir seus seios roçarem no peito definido de Ron. Ele ainda a beijava com uma paixão desmedida, enquanto roçava seu membro rijo e pulsante na sua região mais sensível.






Hermione deu um salto da cama e sentou-se ofegante, estava completamente sem ar. Seu corpo clamava por mais. O desejo a consumia de uma forma devastadora. Olhou para os lados e percebeu que seus dois amigos dormiam calmamente.



Se ela continuassem a ter sonhos como esse ia definitivamente enlouquecer. Apesar de ter sido apenas um sonho seu corpo estava mole, e ela deixou-se cair novamente na cama e fechou os olhos. Ainda podia sentir as mãos de Rony a tocando...




Deus, como ela poderia voltar a dormir naquele estado, e ainda por cima sabendo que o motivo da sua insônia e o responsável pelos seus maiores desejos estava ali, ao seu lado, com aqueles braços fortes descobertos a provocando. Ela mordeu o lábio inferior com força, abafando um gemido.

 
 

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 3

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Ananda Esvael em 27/07/2011

É um capítulo melhor que o outro... to adorando :D

Nota: 4

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por mirely lopes em 03/07/2011

vou enlouquecer! tá d+

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por fabiane lopes em 07/05/2011

uau que coisa mais sexy

ta lindo ta perfeito brilhante maravilhoso esplendido vou pirar

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 12) - Copyright 2002-2017
Contato: clique aqui

Moderadores:


Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.