FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 



(Pesquisar fics e autores/leitores)



 




 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

6. O Largo Grimmauld, número 12


Fic: De forma inesperada RxHr Cap final on


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

O Largo Grimmauld, número 12


 



 


O resto do dia na Toca foi bastante tenso. Era inegável que todos estavam apreensivos, afinal não faziam idéia do que o futuro lhes reservava.
E, se fossem sinceros consigo mesmo, poderiam admitir que em alguns momentos temiam que jamais encontrassem as Horcrux.



Os garotos passaram o resto do dia cabisbaixos e isolados dos outros moradores da Toca. Tomaram a decisão mais difícil, porém sensata: sair sem se despedir.
Seria doloroso demais ver a expressão derrotada da Sra. Weasley, que não aceitava de forma alguma que eles partissem as cegas atrás de algo que nem sequer sabiam se existia.




Esperaram que todos estivessem dormindo para só então partirem. Hermione saiu sorrateiramente do quarto de Gina, não queria acordá-la de forma alguma. Olhou para a amiga com carinho e saiu o mais rápido que pôde, antes que começasse a chorar. Andava muito chorona ultimamente, e se repreendeu mentalmente por isso.




Encontrou Harry e Rony a esperando na sala. Harry tinha um olhar ansioso e Rony... bem ela evitou olhar para o ruivo.



Aparataram na ruazinha em que ficava o Largo Grimmauld, número 12. Os corações palpitando descontroladamente. Agora, teriam que de fato encarar a cruel realidade que os aguardava.



A casa dos Black estava, como sempre, sombria, fria e com muita poeira. Todo o trabalho que haviam tido no ano anterior, limpando a casa, parecia ter sido totalmente inútil. O cheiro de mofo continuava insuportável.



Harry, Rony e Hermione ficariam ali até finalizarem o plano para entrar no ministério, o que poderia levar dias ou até mesmo semanas.



Rony estava sério, tenso e muito calado desde que tinham chegado.


Nem Harry, nem Hermione disseram nada sobre o comportamento do amigo, sabiam que ele estava assim por causa da família. Ficaria dias, semanas e talvez meses sem receber notícias dos Weasley, e sendo eles traidores do sangue declarados corriam sérios perigos.



Em um acordo silencioso acharam melhor deixar as discussões sobre por onde começariam para o dia seguinte. Embora não estivessem cansados fisicamente, sentiam-se exaustos.



Hermione não havia trocado uma única palavra com Rony durante todo o dia. Haviam evitado até mesmo se olharem.
 




Decidiram, por medidas de segurança, dormir na sala. Seria mais fácil ouvir barulhos e detectar a presença de visitas indesejadas.



- Vou até a cozinha ver se temos alguma comida. - Anunciou Hermione. Os garotos não esboçaram nenhuma reação e ela saiu, pensando em como aqueles dias seriam difíceis.



Harry sentou-se em uma poltrona de frente para Rony, mas ambos permaneceram em silêncio. Aquela casa parecia contribuir assustadoramente para que as pessoas se sentissem amarguradas e tensas.


Harry tinha a sensação de que a manhã ao lado de Gina havia acontecido há muito tempo, embora ainda pudesse sentir o cheiro e o gosto da ruiva.



Não demorou muito e Hermione voltou para a sala, carregando algo nos braços, despertando Harry de seus devaneios.



- O que é isso? - Perguntou Harry surpreso.



- São cobertores Harry. - disse com um traço de impaciência na voz. O clima pesado parecia ter influenciado o humor de Hermione também.



- Sim Mione, eu estou vendo. Mas de onde você os tirou?



- Estavam em um quarto no andar de cima. Lembrei que a Sra. Weasley havia trazido para cá no ano passado.



Dizendo isso, Hermione começou a arrumar as camas improvisadas.



- Eu já volto. - anunciou Harry analisando a casa com atenção.



Rony e Hermione tinham conhecimento das lembranças que aquela casa despertava em Harry. Devia ser muito mais difícil para ele ter que ficar ali.



- Onde você vai? - perguntou Rony que se mantinha estranhamente quieto até então.



- Vou dar uma olhada nos quartos lá em cima, e ver se encontro o Monstro.



- O que você quer com ele? - Perguntou Hermione curiosa.



- Nada, só me certificar de que ele não andou fazendo visitas para... Bellatriz. - Os olhos de Harry brilharam perigosamente.



Hermione pensou em ir atrás do amigo, mas acabou por achar melhor deixá-lo sozinho, teve a impressão de que era exatamente isso que ele queria no momento. 

Mas agora, para seu desespero, estava sozinha com Rony. Evitou olhar para ele e se perguntou até quando isso seria possível?!


Seriam só os três agora, e não poderiam evitar um ao outro para sempre.


Ela continuou de costas para ele, arrumando as camas, se demorando mais do que o necessário para distribuir os cobertores.



- Hermione...



Ela sentiu o corpo tremer ao ouvi-lo chamá-la. Como algo tão normal, como chamá-la pelo nome, podia lhe causar aquele arrepio?!



Se virou e finalmente encarou aqueles olhos azuis confusos. Tinha a impressão de que Rony se tornava cada dia mais bonito.



- Sim... - Falou fraca, de forma quase inaudível.



Rony baixou o tom de voz e se aproximou um pouco dela. – Você... er... acredita que vamos conseguir?



Ver Ron assustado e inseguro a deixava incrivelmente frágil.



- Eu sinceramente não posso acreditar que você duvida do Harry e da gente.



Ela tinha um olhar aborrecido e autoritário, ou seja, um olhar tipicamente hermionesco.



Se o momento não fosse de total desespero Rony certamente teria rido.



Ele ergueu os olhos e a encarou profundamente.



- Eu confio Mione... Claro mais em vocês do que em mim. - Ele suspirou longamente e desviou o olhar, fitando um dos muitos retratos da sala dos Black.



- Não seja bobo Rony, somos uma equipe, só funcionamos bem quando estamos juntos.



Ele não disse nada, mas pensou no quanto Hermione sempre tinha razão.



Os dois ouviram um barulho e olharam rapidamente para as escadas. Harry vinha descendo as escadas lentamente.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por fabiane lopes em 07/05/2011

como imaginei perfeito como todos os outros caps anteriores te adolo

quero que saiba que euma grande satisfaçao estar lendo seu fic linda tenho um enorme prazer de ler fics conhecer verdadeiros mestres da autoria como voce adoro ler sobre mione e ron eu so leio fics sobre eles apesar de amar toda a saga mais torço pra esses dois desde o primeiro filme quando eram uns pirralhinhos fofos e lindos como cresceram os acompanho desde que eu era mais pirralha que eles amo eles!!!!!

e um orgulho muito grande ler fics assim como o seu esplendido quanto talento tambem sou escritora mais nada muito profissional inclusive estou ate escrevendo um livro sobre mione e rony amo tanto eles e eu queria por na feb fazer um fic mais nao sei colocar!!!!!!

vou dar um jeito

nos meus tempos vagos so o que eu faço e ver videos de rupert e emma fotos deles ller fics que me inspiram adoro fazer isso!!!!!e fico muito decepcionada de saber que ron e mione so existem nos filmes e livros de jk rowling  pq eles nao ficam juntos na vida real como rupert e emma e e o que eu mais queria na vida mais parece que eles nao se gostam assim rupert mesmo disse que seria mais confortavel vbeijar  dan no ultimo filme part 2 e ema falou que eles nao passam de verdadeiros amigos e que rupert e como um irmao pra ela mais nos fas queremos sempre mais nao e !!!!!sempre o que nao podemos alcançar mais nao desisto dos meus sonhos por isso que leio muito!!!!

te amo espero que goste do meu coment e espero nao te intediar tbm linda vou continuar lendo ok!!!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 12) - Copyright 2002-2017
Contato: clique aqui

Moderadores:


Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.