FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 



(Pesquisar fics e autores/leitores)



 




 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

2. Tinha que ser assim...


Fic: De forma inesperada RxHr Cap final on


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________

CAPÍTULO 2


Tinha que ser assim


 





Hermione não podia negar para si mesma que esperava ansiosamente por aquele casamento. 



Uma festa com bebida era tudo que precisava. Ela não costumava beber nada além de cerveja amanteigada eventualmente, mas andava se sentindo tão tensa e nervosa que beber um pouco de uísque de fogo não seria uma má ideia.

Enquanto se arrumava para a festa, ela se questionava do porquê as coisas tinham que ser tão complicadas... Aquela dúvida que a corroia por dentro estava literalmente a matando.


 
Se pelo menos tivesse certeza de que Rony não gostava dela, seria tão mais fácil tentar esquecê-lo.


Mas quando lembrava daquele olhos azuis e intensos e de seus corpos tão próximos no velório de Dumbledore, da maneira carinhosa como ele havia a abraçado, ficava difícil se convencer de que ele não sentia nada por ela.


 


Rony estava nervoso, suas mãos suavam. Tinha decidido que falaria com Hermione naquela noite. Não sabia ao certo o que diria, mas precisava que ela soubesse que ele pensava nela e não apenas como sua melhor amiga.

Quando sentiu a fúria dos pássaros assassinos que Hermione lhe lançou naquele fatídico dia, passou a considerar a possibilidade dela sentir algo por ele também. Afinal, ela não lançou pássaros enfurecidos em Harry quando ele beijou a Cho.





.....................................................



A festa foi belíssima e felizmente tudo ocorreu de forma tranquila. Embora Rony não concordasse plenamente com isso.


Já se passavam das 3 horas da madrugada, e não havia mais ninguém no jardim além dele. Tinha feito tantos planos para aquela noite, mas como sempre tinha estragado tudo, era mesmo um estúpido. E para piorar a situação, nesse momento Hermione estava furiosa com ele.


Mas as mulheres são criaturas engraçadas, pensou Ron. Ficar braba porque ele a tinha convidado para dançar...?! 



Tudo bem que ele não havia sido muito delicado, mas ora ele era Ronald Weasley e delicadeza não era mesmo um talento que possuísse.

E o que importava se a convidara para dançar quando Viktor estava se aproximando da mesa em que estavam?!


Havia sido apenas uma coincidência.


Mas Rony sabia que não havia sido apenas coincidência. Quando viu Viktor se aproximando da mesa em que estavam com aquele sorriso convencido, tratou de tirar Hermione dali o mais depressa que pôde.

Bem, mas ainda assim aquilo não era motivo para Hermione empurrá-lo no meio da pista e enchê-lo de desaforos. Ela havia o humilhado e na frente de todo mundo. 



Rony sentiu-se enfurecido ao lembrar-se da cena de horas atrás, e a dor em seu peito se tornou quase insuportável.


Ele realmente havia perdido a cabeça, e acabou empurrando Hermione também, e com mais força que pretendia, quando ela insistia em lhe ofender aos berros.


Ela nunca mais olharia para ele depois daquilo, tinha certeza. Mas e daí? Quem disse que ele estava preocupado, quem disse que ele queria olhar para ela de novo?



Sem que ele se desse conta as lágrimas já escorriam, molhando seu rosto. Amaldiçoou-se por ter bebido tanto uísque. Sua cabeça doía, e ele pensou em como encararia Hermione quando o dia amanhecesse. Sentia-se extremamente miserável e infeliz...


 


................................................



Hermione sentia-se enjoada. Ainda não havia conseguido dormir. O enjôo certamente era culpa da bebida, maldita hora em que resolvera beber além do que devia.



Seus olhos estavam inchados e ela quase não tinha mais forças para chorar. Como Rony podia ser tão insensível e machista. Por que só a convidou para dançar quando se sentiu ameaçado? E por que havia a empurrado daquela forma? Era mesmo um bruto.



No fundo Hermione sabia que tinha exagerado, e que ela também havia o empurrado e o xingado na frente de todos... mas ele mereceu... "Por que você nunca consegue fazer nada direito Ronald?"


 


Flashback da festa



Harry, Gina, Rony e Hermione estavam sentados em uma mesa, todos muito quietos, observando atentamente o movimento da festa. Gina balançava a perna que estava cruzada impacientemente, talvez se perguntando se Harry não iria lhe convidar para dançar. 



Depois de vários minutos olhando furtivamente para garoto, sem que ele sequer a notasse, a ruiva bufou audivelmente, chamando a atenção  dos demais.

- Você não vai me convidar para dançar? - Perguntou direta, sem meias palavras.

Harry estalou os olhos e olhou de Rony para Hermione num mudo pedido de ajuda.

- E então Potter? - Intimou a ruiva com os braços cruzados, o olhando com impaciência.



Sem escolha, Harry a tomou pela mão e a guiou até a pista de dança improvisada no jardim na Toca.



Agora Ron e Hermione estavam sozinhos e ficaram no mais absoluto silêncio. Ela parecia muito interessada nos casais que dançavam, evitando a todo custo olhar para o ruivo. Desde que Viktor havia chegado à festa Rony estava a tratando de forma rude e fria.



“Como seu eu tivesse culpa dele ter sido convidado” Pensou Hermione amargurada.


De repente Rony se levantou e a puxou com brutalidade.

- Vem, vamos dançar. - Falou rispidamente, a arrastando para o meio da pista.


Hermione não teve chance de responder, pois foi sendo puxada por Rony a sua reveria. Quando já estavam na pista ela viu Viktor. Ele estava parado ao lado da mesa deles.



- Ronald você me chamou para dançar só porque o Viktor estava indo até a nossa mesa?



- E se foi qual é a diferença? - Respondeu mal criado, a segurava com mais força que o necessário.



Hermione o empurrou, sentindo a raiva aquecer sua face.

- Qual é a diferença? Você só pode estar brincando Ronald. O que pensa que eu sou heim? Você não vai crescer nunca mesmo não é?! Sabe de uma coisa Ronald você é um perfeito boçal.



- Por que ficou tão braba, é porque queria ter dançado com ele não é? - Rony estava com o rosto em chamas e falava deliberadamente alto.

- Sim Ronald eu preferia mesmo, porque o Viktor é um cara maduro, sensível e educado.

- A é Hermione, então vai dançar com ele. Rony a empurrou e saiu quase correndo da pista, esbarrando em alguns casais que ainda dançavam. Ela precisou se equilibrar para não cair tamanha fora a força com que ele a empurrara.

Fim do Flashback


 


Sua cabeça estava latejando dolorosamente e seu coração estava pesado.

Resolveu descer para tomar um copo de água, talvez se sentisse melhor. Lavou o rosto e desceu as escadas.


Pegou o copo d’água e foi até uma janela na sala da Toca. 
Estava distraída olhando para o céu, que estava muito negro e estrelado, e aproveitando a brisa agradável que batia contra seu rosto, quando baixou os olhos e viu Rony sentado em uma mesa com a cabeça enterrada nos braços.

Hermione se perguntou se ele estaria dormindo. Poderia estar passando mal, afinal havia bebido além do desejável.


Mesmo estando furiosa com ele, resolveu verificar se o ruivo estava bem. Se aproximou sem fazer barulho e quando chegou perto o bastante, o chamou baixinho para verificar se estava dormindo.




- Ronald...



Rony sentiu o corpo tremer involuntariamente quando ouviu a voz de Hermione, espiou com apenas um olho e logo enterrou a cabeça nos braços de novo.


- O que é?



- Você está bem? - Ela tentou parecer o mais indiferente possível.

- Sim.



- Então porque não vai deitar. - Hermione mantinha um tom seco e ríspido. Falava como se estivesse se reportando a uma criança mimada e mal criada.

- Tô sem sono. - A voz dele estava fanha e abafada.


 


Por um instante Hermione se repreendeu seriamente por ter ido até ali. "Francamente, que ideia estúpida a minha."



- Porque não olha para mim enquanto fala comigo, você não tem educação? - Falou num tom irritado.



- Será que pode me deixar em paz Hermione. - O tom de voz dele estava ligeiramente seco e alterado.



Hermione não soube porquê, talvez ainda fosse o efeito da bebida e da raiva que estava sentindo dele por sempre estragar tudo, ela agarrou Ron pelos cabelos e puxou sua cabeça com força.



- EU MANDEI OLHAR PARA MIM ENQUANTO FALA COMIGO.



Quando viu o rosto de Rony se arrependeu mortalmente da sua atitude, mas já era tarde demais. 


Ele tinha os olhos inchados e muito vermelhos, sua face ainda estava manchada pelas lágrimas. Hermione jamais tinha visto Rony chorar.

Ele puxou os braços dela e agarrou seus pulsos com força.



- NUNCA MAIS ENCOSTE EM MIM HERMIONE, ME OUVIU NUNCA MAIS. - Rony gritava a plenos pulmões. Hermione se assustou com a expressão que ele tinha no rosto, mas não se deixou intimidar.



- PODE TER CERTEZA RONALD QUE NUNCA MAIS VOU TOCAR EM VOCÊ E NUNCA MAIS QUERO OLHAR PARA ESSA SUA CARA TAMBÉM.

Ron não havia largado os pulsos de Hermione e os dois estavam muito próximos um do outro. Ela chorava e seu corpo todo tremia. A tensão entre eles era quase palpável.



- VAI ME FAZER UM GRANDE FAVOR. - Agora estavam perigosamente próximos.

- ESTAREI FAZENDO UM FAVOR A MIM RONALD, A M...



Antes que Hermione pudesse completar sua frase, Rony a puxou com violência e colou seus lábios nos dela. Ela tentou fugir, mas quando sentiu o toque macio da língua de Rony invadindo descaradamente sua boca, seu corpo amoleceu e ela cedeu.


 


Os dois se beijaram com ardor, de uma forma quase desesperada. Rony envolveu com uma das mãos a cintura dela, e com a outra a puxou pela nuca aprofundando ainda mais o beijo.



Hermione enfiou suas mãos pelos cabelos macios do ruivo e se deixou levar pelo turbilhão de sensações que perpassavam seu corpo. Nunca pensou em seu primeiro beijo com Rony acontecendo desta forma, mas ela tinha que admitir que era bem previsível que pudesse ser em meio a uma briga, afinal eles brigavam o tempo todo.



De repente Rony descolou os lábios dos dela e começou a beijar seu pescoço, mordiscando e lambendo a pele exposta.


Ele estava selvagem, e isso acendeu um desejo desconhecido e incontrolável em Hermione.



Tudo que ela conseguiu foi sussurrar, com uma voz fraca e rouca, um - Eu te odeio Ron. - Enquanto jogava a cabeça para traz facilitando o acesso ao garoto para beijar seu colo.


Ela sentia uma onda de desejo tomar conta de todo o seu corpo, era algo totalmente novo e incontrolável. Rony a pegava com firmeza e a beijava com entusiasmo, o que só fazia seu desejo aumentar. 



Assim que teve oportunidade abocanhou o pescoço do ruivo, sugando com vontade, provando o sabor da pele dele, Rony deixou escapar um gemido quando sentiu a língua dela percorrendo seu pescoço, e aquilo fez com que Hermione esfregasse uma perna na outra, sentindo sua roupa intima umedecer involuntariamente. 
Ouvir Rony gemer de prazer era fascinante.




Sem entender como, tirou o casaco que ele ainda usava e desabotoou sua camisa, quando vislumbrou o peito forte e bem torneado do ruivo, por um instinto incontrolável, começou a beijá-lo. Rony gemeu mais alto quando ela passou a língua por todo seu peito e barriga, descendo até o cós da sua calça, chegando muito perto da sua intimidade. 



Hermione podia sentir, Rony estava extremamente excitado. Ela subiu os beijos até alcançar novamente seus lábios, e ele a apertou contra si, explorando sua boca de todas as formas que podia. 


Ela podia sentir o membro de Rony pulsar, e isso fez com que sua intimidade também pulsasse.


 


Hermione pensou por um instante que precisava parar. Aquilo não estava certo, era a primeira vez que beija Rony e olha até onde já tinham ido. 
No entanto, seu corpo discordava totalmente, ele parecia achar aquilo a coisa mais certa do mundo. E quando Rony tocou seus seios ela não teve mais duvida, não poderia mais parar....



Ele sentou Hermione na mesa, se acomodando entre as pernas dela, e tirou sua blusa. Ela usava um sutiã branco, muito simples, mas para Rony era a peça íntima mais provocante que já vira na vida. 
Ele retribuiu os beijos que Hermione havia distribuído por seu peito e fez o mesmo com ela, enquanto beijava seus ombros, abriu delicadamente seu sutiã e assim que a livrou dele abocanhou o seio pequeno e perfeito  de Hermione. Ela arqueou o corpo e gemeu baixinho. Rony achou aquilo indescritivelmente excitante, Hermione gemendo era o céu... Ele teve medo de gozar naquele momento, tamanho era o tesão que sentia apenas de roçar seu sexo no de Hermione.

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 7

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por July evans potter em 16/05/2013

Muito bom esse capitulo Disomers ! ~nova leitora ;)
 

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Miriam neves Rabelo em 10/12/2012

Criatividade e senso é tudo 

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Rosie Bolger em 25/10/2012

Só acho q esta tudo acontecendo rapido d+, mas vc escreve muito bem.

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Gilmara Weasley em 27/07/2011

Nossa! Perfeito!

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por iessa em 23/07/2011

gosto de ser sincera, portanto essa nota. Mas acho que você tem muito talento para escrever e aconselho-te a não mudar nada na obra da nossa rainha JK, e sim acrescentar pois eu acho que o melhor das fics é quando elas mostram o que não foi detalhado pelo livro. Ainda assim gosto muito de muitas das suas fics Dsomers.Obrigada

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Lis Marianna Cerqueira da Silva em 10/06/2011

esta muito bom,é realmente uma pena sua curiosidade eu daria 5 mas pela seu erro ficamos com 4 mesmo

Nota: 4

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por fabiane lopes em 07/05/2011

uau menina que coisa sexy ameiiiiiiiii

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 12) - Copyright 2002-2017
Contato: clique aqui

Moderadores:


Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.