FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 



(Pesquisar fics e autores/leitores)



 




 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

20. Feliz natal Hermione!


Fic: Os sentimentos de Rony NC17 RxH - Cap final


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________




Embora Hermione ainda se sentisse chateada por Rony não ter lhe dado nem mesmo um cartão de natal, o dia foi muito divertido na Toca. Procurou afastar as angustias e aproveitar os bons momentos ao lado dos seus amigos... dos seus melhores amigos. Era muito bom ver Harry feliz. E desde que ele tinha finalmente se acertado com Gina, os dois estavam radiantes.

Ela e Gina passaram a maior parte da tarde ajudando a Sra. Weasley com os preparativos do jantar. Molly queria servir um banquete memorável. A mesa dos Weasleys era sempre muito farta, embora eles fossem pobres, a Sra. Weasleys fazia questão de muita comida na mesa.

Todos estavam reunidos na Toca no fim dia, com exceção de Percy, que continuava brigado com os pais e os irmãos, e Carlinhos, que estava na Romênia e não havia conseguindo uma folga para passar o Natal com a família.

Mesmo diante dos percalços os Weasleys se esforçavam para permanecer unidos e felizes. Eram uma família maravilhosa na opinião de Harry e Hermione.


..............................................................


O Sr. Weasley olhava deslumbrado para a garrafa de espumante que Hermione havia lhe dado de presente de natal.


- Bebida fascinante, fascinante. - Dizia ele enquanto saboreava a segunda taça da bebida.


- Vai com calma ai Sr. Weasley, a mamãe não vai gostar nada se o Sr. não conseguir manter os olhos abertos quando forem para o quarto. - Brincaram Fred e Jorge. Todos riram, inclusive Arthur. Mas Molly ficou muito corada e lançou um olhar ferino aos gêmeos.


Após o jantar, Gina, Hermione, Harry, Rony e os gêmeos foram para o jardim da Toca. Enquanto os quatro conversavam, Fred e Jorge tentavam estourar os fogos enfeitiçados no alto da colina. 
Não nevava no momento, mas ainda assim o frio era intenso.


Devido à baixa temperatura, Ron não pôde dispensar o suéter Weasley para se proteger do frio. Se ele soubesse como Hermione o achava bonitinho usando os suéters feitos pela Sra. Weasley nunca mais os tiraria.


- Hermione... - Rony chamou baixinho.


Ela se virou e encarou o ruivo parado a sua frente. Ele tinha a cabeça baixa, não a olhava nos olhos. Hermione sentiu um frio percorrer sua espinha e sabia que ele nada tinha a ver com a baixa temperatura.

Era mesmo uma boba, ora se arrepiar apenas por ouvir Ron pronunciar seu nome.


- Sim... - Foi tudo que conseguiu falar.


- Er... será que você...er...poderia ir lá dentro comigo? - A voz de Rony era baixa e incerta, ele mantinha a cabeça baixa e as mãos nos bolsos.


O estômago de Hermione deu um solavanco forte, e ela percebeu que Ron também parecia nervoso.


- Tudo bem. - Respondeu fraca, tentando controlar seus batimentos cardíacos.


Rony saiu andando apressado, talvez temendo que os gêmeos vissem ele e Hermione indo sozinhos para dentro da Toca e fizessem alguma piadinha. Ela o seguiu, seu coração ainda batendo num ritmo descompassado.


Ao passarem pela sala, Molly não pôde refrear seu olhar inquisidor.


- Aonde os dois vão? - Disse ela com as mãos na cintura e com um olhar que fez as faces de Hermione atingirem um tom avermelhado.


- A gente já volta, mãe. - Rony também não conseguiu disfarçar o constrangimento, mas ainda assim tinha uma nota de impaciência na voz.


A mulher continuou encarando os dois com os olhos estreitos, mas não disse mais nada.


Assim que chegaram ao quarto, Hermione sentou na cama de Ron. O ruivo ainda não a encarava. Eles não se falaram durante todo o percurso e continuaram em um silêncio, que na opinião da menina era quase assustador.


Depois de alguns minutos parado olhando concentradamente o pôster das exquisitonas disposto em uma das paredes. Rony sentou-se ao lado da garota.


- Hermione...


O coração dela deu, novamente, um salto ao ouvir seu nome. Isso estava ficando deliberadamente ridículo. Pensou ela puxando o ar com dificuldade.

Hermione já havia estado no quarto de Ron milhares de vezes, mas tudo parecia extremamente diferente agora, a começar pelas sensações que tomavam conta do seu corpo.


Rony parecia fazer um esforço enorme para conseguir proferir as palavras.
Seu coração também batia descompassado e com uma pressa desmedida. Ele precisava ser rápido antes que a coragem o abandonasse.


- Er... eu... queria agradecer o presente que você me deu. - Ele sorriu nervoso, mas agora a olhava nos olhos.


- Você gostou? - Ela perguntou sentindo o ritmo do seu coração aumentar cada vez mais.
 
Temendo que Rony pudesse ver em seus olhos o turbilhão de sensações que a inundavam naquele momento os desviou rapidamente.


- Sim... muito. E... odorei o cartão também.


- Que bom. - Agora foi a vez de Hermione sorrir nervosa.


Apesar do frio que fazia lá fora, Rony sentia as mãos suarem. Sua boca estava seca e seu coração parecia bater na garganta. E suas bochechas estavam demasiadamente quentes.


Ele levantou, abriu o armário e pegou a pequena caixa quadrada que havia pegado naquela manhã.


- Eu...er... queria te dar o seu presente. Feliz Natal, Mione.


O ruivo estendeu a caixa preta de veludo para ela.


Hermione sentiu os olhos marejarem, ela não fazia idéia do que tinha dentro daquela caixa, mas isso não importava, o fato de Ron ter lembrado dela já era mais do que suficiente.
Ela pegou a caixa e Rony viu que suas mãos tremiam.


- Ah Ron, não precisava... eu...


- É claro que precisava Mione.


Ela sorriu, e quando fez menção de abrir a caixa, o ruivo segurou sua mão.


Os dois se encaram e tinham nos olhos um brilho indecifrável. Num impulso Rony se aproximou dela, ele agora fitava os lábios rosados de Hermione, que estavam entreabertos, pois ela fazia um esforço enorme para respirar.


Quando Ron se aproximou um pouco mais, Hermione fechou os olhos (dessa vez ela não fugiria, não mesmo). Pensou se seria possível seu coração bater mais forte do que estava batendo agora.


As mãos de Rony continuavam suando e agora elas também tremiam. Ele viu que Hermione tinha os olhos fechados e se perguntou se poderia existir uma visão mais bela do que aquela. Se aproximou mais ainda da amiga, já podiam sentir a respiração um do outro. Ele roçou de leve o nariz do de Hermione e fechou os olhos... seu estomago estava dando mil voltas e seu peito ardia tamanha era a felicidade que estava sentindo.


- Hermione...você... - A ruiva se calou assim que entrou no quarto.


Rony deu um salto e se afastou rapidamente de Hermione, que abriu os olhos assustada quando ouviu a voz da amiga, mas permaneceu parada.

Ela ficou completamente sem reação, sua respiração ainda estava irregular e de qualquer forma não poderia levantar, suas pernas não sustentariam seu corpo.


- Eu... a mamãe mandou chamar vocês, ela vai servir os doces. - A ruiva estava visivelmente sem graça.


Gina não tinha visto nada demais, mas a cara da sua amiga e do seu irmão denunciavam que ela tinha atrapalhado alguma coisa. E ela tinha muitas suspeitas do que seria essa “coisa”.


- Já estamos descendo Gina. - Falou Rony entre dentes, sentia-se extremamente frustrado e teve ímpetos de esganar a irmã.





........................................................................


N. da A.: Gente mais uma vez obrigada pelos comentários...


Continuem dizendo o que estão achando. Bjs a todos...

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Priscila Carla em 09/11/2011

adorando a fic.

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 12) - Copyright 2002-2017
Contato: clique aqui

Moderadores:


Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.