FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout  
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout FeB Bordas para criar o Layout
FeB Bordas para criar o Layout
 



(Pesquisar fics e autores/leitores)



 




 

::Menu da Fic::

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo


Capítulo muito poluído com formatação? Tente a versão clean aqui.


______________________________
Visualizando o capítulo:

15. Uma ajudinha


Fic: Os sentimentos de Rony NC17 RxH - Cap final


Fonte: 10 12 14 16 18 20
______________________________




Hermione acordou mais desanimada do que nunca. E para piorar sentia muito sono, afinal mal tinha conseguido dormir durante a noite.


Mas mesmo estando com um sono absurdo, apressou-se em sair da cama e descer para tomar café, embora não tivesse com a mínima fome, antes que Rony descesse. A última coisa que ela precisava era ver ele e Lilá juntos e felizes...


Ela tinha passado a noite toda pensando no que faria para se livrar daquela dor horrível que a consumia. E acabou chegando a conclusão que precisa em primeiro lugar tentar e querer esquecer Rony (e ela queria e como queria), mas para isso precisaria de alguém que lhe ajudasse.


Assim que terminou seu café da manhã, correu para a biblioteca, pois lá a chance de encontrar Rony era quase nula, e começou a escrever uma carta para Vitor Krum. Fazia um bom tempo que não escrevia ao amigo e ninguém melhor que ele para ajudá-la a esquecer Ronald. Pelo menos era nisso que Hermione queria acreditar.


Lilá e Rony não se falaram ao longo do dia. Limitaram-se apenas a dar bom dia um ao outro. Rony julgou que seria melhor assim. Ele tinha chegado a conclusão que definitivamente não queria voltar a namorar a garota; assim como tinha decidido tentar voltar a ser pelo menos amigo de Hermione. O que sabia que não seria nada fácil, ainda mais conhecendo o gênio da amiga como conhecia. Mas talvez se pedisse ajuda a Gina?! Sua irmã era a melhor amiga de Hermione, ninguém melhor que ela para convencê-la, não é mesmo?


- Ei Gina, posso falar com você.


A ruiva que não havia esquecido a grosseira do irmão do dia anterior não se designou nem mesmo a olhá-lo e fingiu continuar lendo o livro que tinha sobre a mesa.


- Você é surda?


Gina se virou com um olhar furioso e encarou o irmão.


- O que você quer Ronald?


- Nossa que bom humor que você tá hoje?


 - Não irmãozinho, estou apenas te tratando com a mesma educação com que você me trata.


- Você é muito rancorosa Gina!


- E você Ronald é muito grosso.


- Ok, mas será que da para parar com essa cena e me ouvir?


Ela fitou o irmão ainda com os olhos estreitos, mas não falou nada esperando que ele continuasse.


- Olha... eu... bem... queria saber se você...er...pode me ajudar com a Mione?


- O quê? - Gina parecia muito surpresa. Rony pedindo sua ajuda e para fazer as pazes com a Hermione?!


- Ei, você ta bem? Será que ta com febre. - Ela se levantou e fez menção de colocar a mão na testa do irmão.


- Para com isso Gina. - Ele empurrou a mão da ruiva e se sentou ao lado dela. – Então, vai me ajudar ou não?


- Vou pensar no seu caso.


Rony bufou alto. – Quando terminar de pensar me avisa. - Ele se levantou com cara de poucos amigos e se encaminhou para a saída.


- Vou ver o que posso fazer. - Falou Gina por fim.


A ruiva foi, assim que pôde, direto para a biblioteca falar com a Hermione.


- Oi Mione.


- Ah, oi Gina.


- Você ainda está chateada comigo?

- Ah não... tudo bem, eu sei que você não fez por mal.

- Que bom... não sei o que ia ser de mim se você não quisesse mais ser minha amiga.

Gina reparou nos olhos vermelhos da amiga, assim que esta a olhou.


- Mione, o que aconteceu? - A ruiva perguntou um pouco assustada.


- Nada. - Hermione tentou disfarçar e voltou a ler.


- Ah Hermione, você acha que sou idiota ou o quê?


Hermione olhou bem para Gina, sabia que sua amiga de burra não tinha nada, mas não tinha certeza se deveria contar a ela o que estava sentindo, e antes que pudesse se decidir Gina voltou a falar.


- Posso te fazer uma pergunta? - Ela falou baixinho, quase sussurrando.


O tom de voz da ruiva deixou Hermione apreensiva. O que Gina iria perguntar? Ela não respondeu, o que fez com que Gina entendesse que poderia continuar falando.


- Se meu irmão tentasse te beijar, você deixaria?


- O quê? - Hermione arregalou os olhos. Por que Gina estava perguntando isso? Será que ela sabia de alguma coisa? Mas como? Ron não contaria uma coisa dessas a irmã? Ou contaria?


- Tá, deixa isso pra lá. - Falou a ruiva gesticulando.


- O que você acha de irmos a Hogsmead sábado? Poderíamos aproveitar e comprar os presentes de natal.


- Quem vai?


- Ora Hermione, nós né. Você, eu, Harry e ... Ron.


- Obrigada pelo convite Gina, mas tenho muita coisa para estudar.


- Ah Hermione, pelo amor de Merlim - exasperou-se a ruiva. – Você tá dizendo isso só porque o Ron também vai.


- E se for? Não quero mesmo ter que olhar para a cara dele. E porque ele não vai com a namorada dele?


- Mas ele não tem mais uma namorada Hermione. - Gina revirou os olhos em sinal de impaciência.


- Ah então ele ainda não contou? - Falou Hermione rancorosa.


- Mas de que diabos você está falando?


- Ué, ele e a Lilá voltaram. - Hermione tentou parecer indiferente, embora seus olhos a denunciassem.


- É claro que eles não voltaram, mal se falaram hoje.


- Você diz isso porque não viu os dois se beijando. - Agora ela fazia um esforço tremendo para não chorar.


- Ãh?! Gina tinha a boca entreaberta e os olhos interrogativos.


- Eles estavam se agarrando ontem a noite na sala comunal.


- Mas... mas o Rony... eu não acredito. - Gina agora entendia muito bem os olhos inchados da amiga, assim como o desespero do seu irmão, ele sabia que tinha feito mais uma grande burrada.


- Bom Hermione acho que você não deveria deixar de sair com seus amigos por causa do babaca do meu irmão. - Gina falou em um tom conclusivo e quase ofendido.


Hermione se sentiu envergonhada, Gina tinha razão, ela estava dando mais importância a Ron, que não merecia, do que aos seus amigos.


- Você tem razão Gina, me desculpe.


- Tudo bem, sábado às 9 horas então. - Gina sorriu para a amiga e saiu da biblioteca. Precisava achar Ron e pedir que se explicasse.


“Será que o tapado do meu irmão nunca vai tomar jeito?!”

Primeiro Capítulo :: Próximo Capítulo :: Capítulo Anterior :: Último Capítulo

Menu da Fic

Adicionar Fic aos Favoritos :: Adicionar Autor aos Favoritos

 

_____________________________________________


Comentários: 2

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por Bells Raquel em 20/07/2012

nada mais justo, atrapalhou, agora ajuda...tomara q ela consiga...kkkk ótimo

Nota: 5

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

Enviado por fabiane lopes em 29/04/2011

o ron ta ferrado kkkkkk

ta demais o fic vc e damais manah que talento

Nota: 1

Páginas:[1]
:: Página [1] ::

_____________________________________________

______________________________


Potterish.com / FeB V.4.1 (Ano 12) - Copyright 2002-2017
Contato: clique aqui

Moderadores:


Created by: Júlio e Marcelo

Layout: Carmem Cardoso

Creative Commons Licence
Potterish Content by Marcelo Neves / Potterish.com is licensed under a Creative Commons
Attribution-NonCommercial-ShareAlike 3.0 Unported License.
Based on a work at potterish.com.